Depressão, esvaziar o recipiente interno.

Depressão, esvaziar o recipiente interno.

Para que seja possível conseguir dar os passos para sair de um estado de tristeza, de dor profunda e depressão, é importante aceitar e mudar mudar a realidade interior…perceber porque razão nos sentimos afundar e perceber que o que hoje acreditamos ser uma verdade podem não servir mais como uma referência de orientação na nossa vida. Aprender Como posso ser uma pessoa positiva? Como libertar a negatividade é essencial em todo este processo

Depressão, Uma realidade interior que já não ilumina a nossa vida

Uma pessoa com depressão é uma pessoa cheia de “pré-conceitos”, “verdades” e “crenças” que considera como absolutas, credíveis e válidas…entre essas verdades a descrença de que algo melhor possa acontecer e também que a vida nada mais tem para lhes dar….e sem dúvida a mais dolorosa verdade que as persegue é o facto de acharem que são seres inúteis. São tudo crenças que a pessoa transformou em verdades absolutas….se a pessoa que está em depressão não aceita por em causa todas as suas verdades absolutas, pois será inútil qualquer esforço. Alimentar o fogo interior é a única forma de libertação de todas as crenças limitadoras que impedem que acreditemos que é possível fazer algo na nossa vida para que o amanhã seja diferente de hoje.

Se queremos mudar a nossa vida temos de mudar a nossa mente, um caminho na cura da depressão

Na cura da depressão, a única forma de mudar a vida é mudar a forma como a nossa forma de interpretar o nosso mundo interno e externo. Pois se eu estou completamente determinada em sabotar a minha vida, o que adianta pedir ajuda….a única ajuda credível que cada pessoa pode ter na cura dela própria é a sua própria programação neurológica….ninguém tem a capacidade de entrar na mente de alguém para além dela própria.

O que os terapeutas credíveis fazem na cura da depressão, é induzir a pessoa a aceitar entrar dentro do seu mundo interno e libertar de todo o peso do passado, no entanto o trabalho é do paciente. E tudo passa apenas por uma decisão da pessoa em aceitar que quem faz a sabotagem da sua própria vida é ela própria.

Uma nova visão da vida.

À uns dias estive à conversa com um toxicodependente e fiz-lhe algumas perguntas…nomeadamente “o que ele espera da vida”…ele respondeu-me “já não espero nada, tudo corre me corre mal…”… e eu disse-lhe “imagina que a vida é uma amiga tua, pensa um pouco, quando foi a última vez que trataste bem a vida???? Se tratas sempre mal uma amiga tua, e só lhe dizes que ela é uma desgraçada, que não vale nada, que não tem sentido nenhum, etc. Como queres que essa tua amiga te dê uma oportunidade??? Tu darias alguma oportunidade a alguém que só te trata mal, te humilha, desvaloriza????”…ele ficou calado durante uns instantes e percebi de imediato que aquela pergunta haverá despertado algumas questões na sua mente.

Apenas quem não tem respeito próprio dá oportunidades a quem não tem o mínimo de respeito pelo outro. Depois o rapaz disse, “…se a vida me desse uma oportunidade, eu esforçava-me…”…e eu respondi…”tu achas que a vida vai acreditar em ti???, já a trataste tão mal, a enxovalhaste, humilhaste…se fosses tu acreditavas em alguém que constantemente te trata mal??? se fosse eu não acreditava, essa pessoa teria de se esforçar muito para conquistar a minha confiança…assim é a vida…ela ama-te, está desertinha para fazer as pazes contigo e quem sabe te dar as oportunidades mais maravilhosas que alguma vez imaginaste…só que para isso ela primeiro tem de ter a certeza que não vais voltar a magoá-la…provavelmente, irás tentar ganhar a sua confiança e ela no inicio está desconfiada e amuada não irá reagir…mas se continuares a trabalhar para fazer as pazes com a tua amiga “vida”…terás a certeza que ela te ama profundamente.

Ela apenas te devolve o resultado daquilo que fazes por ela e por ti próprio….se tratas mal a vida e a ti próprio queres o quê??? um milagre, uma bênção vinda do além….??? Tudo na vida funciona com magnetismo, atraímos tudo o que está de acordo com a vibração das nossas programações neurológicas, mentais. Assim…tudo muda à nossa volta se mudarmos as programações mentais.

A depressão como uma fonte de descoberta de potenciais desconhecidos

É possível libertar o velho mundo interior, curar uma depressão, esvaziar o recipiente interno, e ter uma vida que nunca imaginá-mos antes, mudar a visão do mundo interior, muda o mundo exterior.

Texto original de Cristina Jorge para o site www.tratamentodadepressao.org

“Reprodução permitida desde que citada autoria e fonte com hiperligação (link)”

Veja Também:

Bookmark the permalink.

Comments are closed