Cura da depressão pelo Auto-Conhecimento

A cura da depressão pelo Auto-conhecimento é uma forma de auto-reconhecimento através da auto-observação do que está errado e do que está certo em nós para assim se iniciar um processo de mudança consciente. Procedendo a um processo de analise e observação das nossas necessidades e bloqueios emocionais é possível libertarmo-nos e permitirmo-nos a um livre fluir da nossa vida.

Consciencialização dos padrões de pensamento

A consciencialização de todos os padrões de pensamento e de acções permite-nos ter a possibilidade de ter a percepção do que limita a nossa liberdade interior e assim podermos transformar essas limitações em poderosos potenciais. O auto-conhecimento ajuda a um aprimoramento de cada pessoa enquanto ser e exponencia as potencialidades visto que ajuda na libertação de crenças limitadoras. Como “não sou capaz”, Não tenho jeito”, Só faço asneira” e substituir estas crenças limitadoras por afirmações positivas (O poder das afirmações) para assim criar um “músculo neurológico” da positividade . Ao nos libertarmos destas crenças, que nos limitam em todas as áreas da nossa vida, percebemos que o nosso potencial é sem dúvida ilimitado, nós é que não nos permitimos acreditar e experienciar.

Auto-consciencialização e o entendimento da raiva, do medo, da tristeza e da culpa

O auto-conhecimento ajuda a entender o medo, a raiva, a tristeza, a culpa e todos os sentimentos que nos tornam pessoas pesadas e negativas. É necessário antes de mais aceitar libertar a resistência à mudança para se poder iniciar este processo de auto-conhecimento e auto-consciencialização. Olhar para dentro, perceber onde nos situamos emocionalmente, como nos sentimos, o que precisamos para estar bem e assim começar a tomar atitudes para uma mudança interior.

Aceitar a Mudança

Aceitar que há questões internas que nos transmitem desconforto, angústia e tristeza para assim ser possível decidir resolver estes desafios. Embora, a maioria de nós atribua estes desconfortos internos a factores e pessoas externas a nós, o facto de interferirem connosco significa que há causas internas que necessitam de ser consciencializadas e mudadas. É verdade que nós não somos responsáveis pelas atitudes destabiliadoras, mas somos responsáveis pela forma como reagimos a esses desafios e somos também responsáveis pelo que fazemos com o que nos acontece na vida, se usamos as coisas para sermos vitimas ou para que seja uma aprendizagem de sábio.

A cura da de pressão pelo auto-conhecimento é uma forma trabalhosa de libertação mas que tem sido das formas mais promissoras na cura de estados depressivos profundos.

Outros Temas

A cura pela depressão por uma nova forma de “Ser e estar” através dos processos de:

Texto original de Cristina Jorge para o site www.tratamentodadepressao.org

“Reprodução permitida desde que citada autoria e fonte com hiperligação (link)”

Bookmark the permalink.

Comments are closed